Já são conhecidos os vencedores do Altice International Innovation Award

Já são conhecidos os vencedores da quinta edição do Altice International Innovation Award, evento na área da inovação tecnológica, lançado em 2016, com o intuito de reforçar o posicionamento de Portugal no desenvolvimento da inovação.

 

O prémio de inovação tecnológica apurou os dois grandes vencedores nas categorias Academia e Startups. O projecto Collision Avoidance on Unmanned Aerial Vehicles using Deep Neural Networks, um framework conceptual focado em veículos aéreos não tripulados, autónomos e em rede, para prevenção da colisão com objetos de reduzida dimensão, procurando atingir níveis aceitáveis de segurança e confiabilidade, da autoria de Dário Pedro no âmbito dos finalistas da academia, e o projecto SenseGlove, um dispositivo médico de rastreio doméstico e portátil, que complementa o convencional autoexame mamário e que está conectado a uma aplicação móvel, proposto pela startup Glooma, reuniram o maior consenso e alcançaram o primeiro lugar, entre os projectos finalistas apurados.

A edição deste ano contou ainda com uma novidade, a atribuição do prémio “Inclusive by Fundação Altice”, no valor pecuniário de 15 mil euros. O galardão, que pretende premiar trabalhos que visem disponibilizar tecnologias de informação e comunicação para a inclusão digital, bem como soluções tecnológicas de acessibilidade ao serviço dos cidadãos, foi atribuído ao projeto Incluudo, uma plataforma inclusiva que possibilita a legendagem de meios, tradução, transcrição, descrição áudio e áudio inclusivo. A solução baseada em inteligência artificial combina máquinas com um toque humano e é destinada a pessoas com deficiência e profissionais de tradução, transcrição e descrição áudio.

Para além deste prémio, a Fundação decidiu ainda atribuir uma menção honrosa ao projecto RestartUs, uma plataforma online que promove a inclusão social e financeira das pessoas com baixos rendimentos. Através da oferta de diversos cursos e conteúdos, os seus utilizadores poderão não só desenvolver as suas capacidades, como também receber moedas digitais que poderão trocar por produtos e serviços promovidos no Marketplace da plataforma.

Adicionalmente, a Agência Nacional de Inovação (ANI) associou-se, pelo quarto ano consecutivo, ao Altice International Innovation Award através da atribuição do BfK Awards. A distinção foi atribuída à startup Smartex.ai, com uma solução baseada em inteligência artificial e computer vision para inspecção em temporeal de têxteis, sendo o principal objectivo a redução da produção defeituosa, considerada, entre os finalistas desta edição, o melhor exemplo de inovação colaborativa resultante de actividades de Investigação e Desenvolvimento (I&D). Valorizando o conhecimento científico e tecnológico nacional e assim contribuir para o desenvolvimento da economia, esta distinção pretende promover uma cultura de valorização do conhecimento científico e tecnológico nacional, premiando boas práticas e casos de sucesso.

O Prémio de Inovação da Altice Portugal destina-se a premiar empreendedores e startups em fase de incubação (até três anos) e com filial em Portugal ou França, bem como estudantes de mestrado e de doutoramento em Instituições Académicas portuguesas. O vencedor da categoria Academia conta um prémio monetário no valor de 50 mil euros e a possibilidade de concretização de um piloto (prova de conceito) com o Grupo Altice, com a duração mínima de nove meses. O vencedor da categoria Academia recebe um prémio monetário no valor de 25 mil euros.

Ler Mais
pub


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*