Nenhum negócio prospera sem isto

Motiva as equipas, eleva a produtividade e é fundamental para assegurar que os objectivos estratégicos do negócio são alcançados. Já adivinhou? Sim, estamos a falar da Comunicação. E estas três dicas vão ajudá-lo a torná-la eficaz na sua organização.

 

Por Eduardo Adas, sócio fundador da SOAP – State of the Art Presentations

 

Essencial para a execução das actividades, o bom andamento dos processos e o alcance dos resultados, a comunicação exerce um papel preponderante para toda e qualquer organização, seja um pequeno negócio ou uma grande empresa. Uma comunicação eficaz motiva equipas, eleva a produtividade e garante que os objectivos estratégicos sejam alcançados. Mais que tudo isso: transforma a atitude das pessoas. Quando não provoca a mudança de comportamentos, ela não atingiu plenamente a sua finalidade, que vai além da transmissão de mensagens.

Independentemente de cargos, desenvolver nos colaboradores a consciência de uma comunicação eficiente faz com que os processos fluam de maneira mais assertiva, e as demandas sejam executadas com facilidade, tornando factível a conquista dos resultados e o alcance dos objectivos. Nenhum negócio se sustenta no longo prazo sem uma boa comunicação. Quando ela existe, os colaboradores sentem-se envolvidos e motivados. Isto ocorre, pois percebem que estão num lugar onde existe transparência, objectividade e espírito de cooperação. A consequência é um ambiente de trabalho em que as actividades são realizadas com compromisso, o que traz resultados positivos para todos.

O investimento em comunicação eficaz evita a incidência de conflitos. A razão se dá pelo facto de que as pessoas desenvolvem a preocupação de transmitirem mensagens com o maior número de detalhes possíveis, facilitando a interpretação de quem vai recebê-la e que, por consequência, irá executá-la.

utro importante benefício trazido pelo investimento numa comunicação assertiva é a transparência, fazendo com que o clima organizacional melhore de forma considerável. Como se não bastasse, a partilha de informações leva à diminuição de mexericos e especulações, os motivos mais recorrentes no comprometimento do clima.

Agora que está claro o quão importante é ter uma comunicação eficaz no ambiente corporativo, seguem algumas dicas para desenvolver e acelerar o processo na sua empresa e nos seus negócios:

 

1 – Avalie o cenário: para iniciar o processo de desenvolvimento de uma comunicação assertiva, é primordial que o primeiro passo a ser dado seja avaliar se a comunicação existente contribui positivamente para a cultura corporativa. Caso a resposta não seja satisfatória, verifique o que pode ser feito, tendo em consideração o cenário da organização, procurando e pesquisando ferramentas que ajude a reverter o quadro;

 

2 – Conheça o seu público: cada indivíduo tem a sua própria construção de significados, que é pautada pela carga cultural adquirida durante toda a sua vida. As pessoas não agem de forma igual, pois suas formas de pensar são fundamentadas por questões culturais e particulares. Por isso, é importante entender quem é o seu público, para conseguir omunicar com ele de uma maneira que seja mais fácil; para que ele compreenda e também para que a mensagem seja recebida exactamente da forma como foi transmitida, sem interpretações dúbias;

 

3 – Invista na cultura de feedback: o processo de comunicação deve estar em evolução contínua, sendo aperfeiçoado todos os dias. Para isso, o feedback é uma ferramenta de suma importância. Dessa maneira, assegure-se do retorno da mensagem que foi transmitida, certifique-se se ela cumpriu com o objectivo e, de facto, gerou a atitude esperada. O ideal na implementação da cultura de feedback é que todos procurem entender quais são as dúvidas, a fim de esclarecê-las, e melhorar cada vez mais a comunicação existente entre cada uma das partes.

 

 

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Já é Natal lá fora… Conheça as primeiras campanhas
Automonitor
Belos e furiosos: 25 modelos para entender os anos 80 e 90