Salários vão disparar como forma de reter os colaboradores, prevê estudo

Os salários dos profissionais parecem estar a aumentar no primeiro trimestre de 2022, à medida que as empresas lutam para reter os seus melhores colaboradores. 

 

A pesquisa realizada pelo Guia Salarial 2022 da Robert Walters, no Reino Unido, analisou mais de 100 mil empregos publicados nos últimos 12 meses e chegou à conclusão que que as empresas estão a planear aumentar o seu orçamento para aumentos salariais entre 10 a 15% este ano.

De acordo com Robert Walters, «este será o maior aumento desde 2008 e quase três vezes a taxa de inflação, com pelo menos 5% dos aumentos salariais nos orçamentos reservados para os colaboradores já vinculados à empresa».

O estudo refere que «mais da metade (54%) dos profissionais disseram esperar um aumento salarial este ano após um congelamento de dois anos, enquanto dois terços dos entrevistados afirmaram que deixariam o emprego se não fossem recompensados ​​​​de forma justa».

Três quartos (75%) dos entrevistados disseram estar «muito confiantes sobre as oportunidades de emprego no seu sector durante 2022».

O Guia Salarial 2022 do Reino Unido também analisou os três principais benefícios valorizados pelos profissionais no pós-pandemia: excelente remuneração e benefícios (65%); esquema de bónus  (53%); e segurança no emprego (40%).

Quase dois em cada cinco dos profissionais (37%) afirmaram que «inspirar os colegas e a cultura da empresa» foi um factor importante para permanecer ou assumir uma nova função.

Os factores menos valorizados incluíam horários flexíveis (29%); trabalho remoto (22%); e direito a férias (20%).

Ler Mais



loading...

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.