Seis idiotices que os empreendedores pensam e não deviam

Ser empreendedor não é fácil e por isso é normal existirem certos receios. A pensar nisso, o coach Wilques Erlacher elaborou uma lista de seis coisas que os empreendedores pensam, no inicio da sua carreira, que podem prejudicar o seu negócio. 

São elas:

1. Não sei onde encontrar os clientes
Encontrar clientes nunca foi fácil, principalmente para alguém que está a começar o seu negócio. Da mesma forma que está à procura de clientes, os seus concorrentes também estão. Se não sabe onde encontrá-los, junte-se a grupos de empresários, como por exemplo no BNI, onde poderá apresentar os seus serviços ou produtos e encontrar potenciais parceiros que irão ajudar a encontrar potenciais clientes.

Há que investir muito tempo em procurar e qualificar o tipo de cliente que quer ter. Procure empresas que se enquadrem no perfil de cliente que precisa e que lhe dará dinheiro suficiente para crescer. Depois disso é tentar fazer um contacto, agendar uma reunião e apresentar os seus produtos ou serviço. O resto é alinhar a putativa necessidade ao seu serviço ou produto.

2. Os meus clientes desapareceram
Os seus clientes não desapareceram, o que provavelmente aconteceu foi que a qualidade do serviço que prestou não estava a ir de encontro à necessidade identificada. Não basta simplesmente fazer uma venda, é preciso assegurar que tudo aquilo que foi prometido em âmbito de proposta é entregue como deve ser. Muitas vezes a diferença entre aquilo que foi proposto e aquilo que foi entregue é tão grande que o cliente se sente enganado e vai procurar a concorrência.

Por isso, se não quer que os seus clientes desapareçam, assegure que entrega tudo aquilo que prometeu no âmbito da proposta. Se assim fizer, acredite que os seus clientes não vão desaparecer, antes pelo contrário irão trazer novos clientes para si.

3. Não tenho um nicho específico de clientes
O pior que pode acontecer a uma empresa é não saber qual é o nicho de mercado que trabalha. A sua empresa não pode ser genérica, é muito importante saber que tipo de necessidade satisfaz e quem é tipicamente o seu cliente. Hoje em dia, cada vez mais, os clientes só querem lidar com especialistas e pagar o devido valor para suprir a necessidade.

4. Os meus clientes não me dão feedback
Quando um cliente está satisfeito com aquilo que comprou, é o primeiro a falar aos outros sobre a sua experiência positiva. No entanto, um cliente insatisfeito não só não dá nenhum feedback como também provavelmente irá falar mal sobre a qualidade do seu serviço ou produto. É lei da reciprocidade, quando prestar um serviço de excelência terá uma resposta excelente. Ausência de resposta é sempre significado de um péssimo serviço ou produto abaixo da qualidade desejada.

5. As minhas vendas não cobrem os meus custos
Se quer ter sucesso no seu negócio comece por fazer um plano financeiro detalhado que permita conhecer quais são os custos e quais são as potenciais margens no negócio que irão fazer ter rentabilidade.

6. Sinto que estou a fazer tudo errado
Ser empresário não é fácil. É normal que em algumas fases do processo sinta que está a dar tudo errado e sinta que os caminhos que percorre só têm espinhos. É em situações como essa que um processo de coaching pode fazer toda a diferença. Um processo de coaching tem a capacidade de fazer o empresário analisar todas as opções possíveis e focar naquelas que realmente poderão ter mais sucesso. Quem aposta num processo de coaching, normalmente consegue ver o resultado do seu esforço começar a trazer bons frutos num espaço de tempo muito mais curto. Não é uma fórmula mágica, mas tem o poder de eliminar etapas desnecessárias.

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...