Best Wokplaces, Medicare: Confiança e proximidade

A Medicare promove uma comunicação regular e transparente e tenta construir uma ligação próxima e de confiança com todas as equipas.

 

A estratégia de gestão de pessoas da Medicare passa por criar uma relação transparente e de confiança, implementar práticas inovadoras que vão de encontro à necessidade dos nossos colaboradores, investir no desenvolvimento pessoal e apostar nos recursos humanos, trabalhando de pessoas para pessoas. A qualidade dos serviços prestados interna e externamente é também um dos princípios estratégicos da empresa.

Neste sentido, a Medicare tem vindo a inovar as suas práticas de gestão de pessoas. «Uma das práticas mais reconhecidas pelos colaboradores são as Mobilidades Internas, que proporcionam oportunidades de crescimento, de forma a consolidar a sua experiência e enriquecer o seu percurso profissional, progredindo na sua carreira», afirma Diana Simões, directora de Recursos Humanos da Medicare.

Por outro lado, a Medicare comemora todos os anos dias temáticos e datas festivas, promovendo actividades lúdicas e desafios aos colaboradores. E oferece um conjunto de benefícios como: plano de saúde para o colaborador e agregado familiar; dia de aniversário; dia de férias adicional; prémios de permanência; prémios de reconhecimento; fruta, lanches e café gratuitos nas instalações; consultas de Apoio Psicológico e Emocional.

 

Desafios e programas
As mudanças dos últimos dois anos trouxeram desafios à Medicare, como «garantir um acompanhamento e avaliação de performance e resultados das equipas remotas, especialmente nas áreas de call center; garantir que os locais e espaços de trabalho respondessem às necessidades de cada função; digitalização dos processos de recrutamento e selecção e, sobretudo, a capacidade de desenvolvimento humano e a retenção de colaboradores».

Do mesmo modo, foram aplicadas algumas normas e acções internas para facilitar a transição dos novos modelos de trabalho, sempre com o foco de fortalecer a cultura e a relação entre colaboradores e a empresa.

Já no que diz respeito a programas, destaca-se o Happiness, que se destina a promover dinâmicas e actividades de interacção entre os colaboradores e a empresa (teambuildings, workshops, actividades temáticas, entre outras).

Do mesmo modo, a Medicare implementou recentemente um Programa de Formação Interna – Learning Place Medicare – onde são promovidas acções de formação que podem ser leccionadas por colaboradores que cumpram determinados requisitos. A adesão ao programa é feita através da inscrição a uma bolsa de formadores. Para os colaboradores que não pretendam dar formação, mas apenas assistir às sessões organizadas pelos colegas, o departamento de Recursos Humanos divulga as acções de formação internamente.

«Outras acções que implementámos foi a aplicação de surveys que nos permitem aferir o grau de satisfação dos colaboradores a diversos níveis e medir o clima organizacional, implementando planos de acção específicos», refere a directora de Recursos Humanos.

Foram também partilhadas com os colaboradores algumas métricas importantes (CSAT – Costumer Satisfaction Score) para evidenciar os bons resultados das equipas e o reconhecimento dos clientes pela qualidade de serviços prestados.

Regularmente são ainda enviadas comunicações internas onde se promovem boas práticas, prémios, novas parcerias ou outras dinâmicas que visam potencializar a motivação e o envolvimento dos colaboradores com a empresa.

Diariamente são realizados com as equipas briefings diários onde o colaborador tem oportunidade de receber feedback sobre os objectivos do departamento e, em simultâneo, partilhar sugestões ou ideias de melhoria para a sua área.

Para além disso, foram implementadas caixas de sugestões nos escritórios, de forma a que o colaborador, mantendo o anonimato, possa partilhar ideias de melhoria para a empresa, seja em que âmbito for. Em 2022 a empresa implementou a dinâmica “A voz do colaborador” que permite apurar ideias para melhorar a experiência do cliente e melhorias de implementação para a própria empresa. Além de tudo isto, foi recentemente identificada a necessidade de mudar de instalações e «investimos num espaço sustentado, no centro de Lisboa para garantir os melhores acessos a todos os colaboradores. Fizemos da optimização de layout uma prioridade para fomentar a criatividade e produtividade. O nosso escritório passou a ser uma poderosa ferramenta para atrair e reter talentos e inspirar os colaboradores na cultura da organização». «A preocupação com o bem-estar dos nossos colaboradores é uma constante e por isso, empresa e líderes de equipa caminham lado a lado, para garantir que o acompanhamento e crescimento das equipas seja eficaz e que garanta que todos estão alinhados e se identifiquem com a cultura da empresa, promovendo dessa forma uma maior retenção dos nossos talentos» conclui Diana Simões.

 

Este artigo foi publicado na edição de Abril (n.º 136) da Human Resources, nas bancas.

Caso prefira ler online, tem disponível a versão em papel e a versão digital.

Ler Mais
pub


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*