Há mais uma empresa portuguesa (esta especializada em finanças) que vai aplicar modelo de trabalho flexível

O Doutor Finanças, empresa especializada em finanças pessoais e familiares, decidiu aplicar um modelo de trabalho que tem como base a flexibilidade, permitindo aos colaboradores escolherem a modalidade de trabalho (presencial, remota ou mista) que melhor se adapta às suas vidas.

Depois de uma pandemia que obrigou a várias mudanças e, principalmente, a trabalhar única e exclusivamente a partir de casa, todos os colaboradores se adaptaram, criaram novas rotinas e estipularam novos ritmos. «Aquilo que parecia impossível de concretizar, ter toda a equipa dispersa ao mesmo tempo que se superavam todos os objectivos traçados, confirmou que o modelo de teletrabalho não só é viável, como em alguns casos é a resposta para uma conciliação profissional, pessoal e familiar efectiva», lê-se em comunicado.

Por isso mesmo, a empresa especializada em finanças pessoais considerou que, com o término das imposições e recomendações determinadas pelo período pandémico, o caminho seria dar às pessoas liberdade de escolha, de forma a facilitar toda a gestão da sua vida profissional, pessoal e familiar.

Neste sentido, cada colaborador, alinhado com a sua equipa e chefia, terá flexibilidade para escolher se quer trabalhar a partir de casa ou do escritório, quando e como.

Irene Vieira Rua, directora de Recursos Humanos do Doutor Finanças, afirma: «se há colaboradores que preferem fazer esta gestão a partir de casa, existem também outros que preferem trabalhar a partir do escritório, pois sentem a necessidade de partilhar o espaço com colegas e trocar experiências presencialmente. Assim, concluímos que o caminho seria deixar as pessoas escolherem qual o modelo de trabalho que funciona melhor para a sua situação».

pub


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*