Edenred alia-se à Câmara Municipal de Lisboa para dar apoio alimentar a refugiados ucranianos

A Edenred Portugal e a Câmara Municipal de Lisboa (CML), através do pelouro dos Direitos Humanos e Sociais, assinaram um protocolo de colaboração para dar apoio alimentar aos refugiados vindos da Ucrânia.

 

No âmbito do protocolo, a Edenred Portugal, empresa especialista em benefícios sociais, irá entregar 500 cartões de alimentação a refugiados ucranianos. Cada cartão Euroticket Refeição estará carregado com 100 euros, que poderão ser utilizados no pagamento de refeições ou na aquisição de bens alimentares em estabelecimentos pertencentes à rede Euroticket Edenred. Através desta acção de solidariedade, pretende-se atender às necessidades básicas dos refugiados que chegam a Lisboa e promover uma mais rápida integração e inclusão social.

Esta iniciativa insere-se nas acções de Responsabilidade Social Corporativa da Edenred. A verba total dos cartões, no valor de 50 mil euros, é um donativo do Fundo More Than Ever, criado pelo Grupo Edenred em 2020 com o objectivo de minimizar os impactos da crise pandémica nas famílias e nos negócios.

Filipa Martins, directora-geral da Edenred Portugal, destacou: «Estes cartões são a nossa pequena contribuição para estas pessoas, que estão a passar por um momento incrivelmente difícil, se instalarem. É uma forma de usar o modelo de vale social, enquanto ferramenta para promover a inclusão social e a recuperação económica. Vai facilitar-lhes o acesso condigno a refeições e bens alimentares, uma vez que, ao contrário de um cabaz, lhes dá o poder de escolher os alimentos que querem ou de que necessitam. É também um convite para estas pessoas começarem a conhecer a zona onde estão e iniciarem as suas interacções e www.edenred.com | page 2/2 envolvimento com a comunidade local, tão importantes para a sua integração. É essa a missão da Edenred: melhorar a vida das pessoas e criar valor para toda a sociedade.»

Laurinda Alves, vereadora responsável pelo pelouro dos Direitos Humanos e Sociais da CML, afirmou aquando da assinatura do protocolo: «Esta colaboração com a Edenred integra-se no âmbito do programa VSI-TUT- Todos Aqui, criado pelo Município, em Março, para dar uma resposta imediata e complementar a nível social, a todos os refugiados que pretendem fixar-se no concelho de Lisboa. O programa contempla medidas em diferentes áreas, visando o acolhimento, acompanhamento, integração e autonomização de pessoas refugiadas ucranianas. Através deste cartão de alimentação, que já começou a ser distribuído, conseguimos contribuir para a concretização de todos estes objectivos.»

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*