Empresas em Portugal estão a fazer cada vez mais donativos

O valor dos donativos das empresas em Portugal atingiu 188,6 milhões de euros em 2018, valor que representa um crescimento de 15,6% face a 2014. De acordo com o «Retrato dos Donativos em Portugal» da Informa D&B, 85% deste valor são donativos de empresas não financeiras.

 

No mesmo período, o número de empresas que efectuou donativos cresceu 21%, atingindo as 65 mil empresas em 2018, ou seja cerca de um quinto de todo o tecido empresarial.

Quer o valor, quer o número de empresas que realizam donativos cresceu paralelamente ao crescimento do próprio tecido empresarial, pois entre 2014 e 2018 manteve-se a percentagem de empresas que os fazem (sobre o tecido empresarial) e o peso dos mesmos no seu volume de negócios.

De acordo com Teresa Cardoso de Menezes, directora-geral da Informa D&B, «as empresas estão cada vez mais despertas para a importância e alcance da sua intervenção na sociedade; nesse sentido, é muito positivo constatarmos que há um crescimento do valor total dos donativos e do número de empresas que decidem exprimir deste modo a sua responsabilidade social.»

O «Retrato dos Donativos em Portugal» da Informa D&B, 34% das empresas os efectuaram donativos em 2018, fizeram-no consecutivamente nos últimos cinco anos, representando quase três quartos do valor total. Este facto revela maior regularidade neste comportamento face a 2014, já que nessa altura pouco mais de metade do valor em donativos era efetuado por empresas que mantinham este compromisso durante cinco anos.

Apesar do crescimento, a evolução dos donativos não tem acompanhado a melhoria do desempenho das empresas. Em relação ao seu volume de negócios, os donativos continuam a representar 0,1%, tal como em 2014. Face aos resultados das empresas antes de impostos, os donativos sofreram uma quebra de 1,8% para 1,1% entre 2014 e 2018.

O relatório da Informa D&B revela ainda que mais de metade (55%) do montante total de donativos das empresas não financeiras tem origem nas pequenas e médias empresas (PME) e microempresas: as microempresas são responsáveis por 26% do valor, as pequenas empresas por 13% e as médias por 16%.

Embora em muito menor número, as grandes empresas continuam a representar quase metade do valor total dos donativos. O valor médio dos donativos entre as grandes empresas é de 150 mil euros, mas neste capítulo destaca-se um grupo de empresas muito reduzido mas com donativos superiores a 500 mil euros cada uma.

Os sectores do Retalho, Serviços empresariais, Banca e seguros, Indústrias e Grossistas concentram 76% do valor total dos donativos. No sector das Energias e ambiente, uma percentagem muito reduzida de entidades é responsável por 6% do total destes apoios.

Pelo facto de concentrar o maior número de grandes empresas, a área metropolitana de Lisboa representa mais de metade (51%) do valor total dos donativos, ainda que apenas 20% das empresas registem esta prática. No Norte, a percentagem de empresas a fazer donativos é de 37%, a mais alta de todas as regiões, com um valor que corresponde a 27% do total dos donativos.

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...