Este exercício (simples) vai motivar os seus colaboradores

Motivar e alinhar os colaboradores com a cultura da empresa deve ser uma preocupação constante de qualquer líder que queira ver o seu negócio prosperar. Felizmente, segundo um especialista, há um “truque” simples de gestão, com cinco passos, que vai ajudá-lo a realçar todo o potencial dos seus colaboradores.

 

Dados da consultora americana Edelman, citados pelo “Business Insider”, revelam que, em 33 mil pessoas de todo o mundo, 59% dos profissionais preocupam-se com o facto de não terem a formação adequada ao cargo ou as competências necessárias para um trabalho bem remunerado. Mais de metade (55%) receia que a automação dos processos e o rápido avanço tecnológico venha a tornar o seu trabalho obsoleto.

São medos compreensíveis, considera Adam Grant, psicólogo da Wharton School da Universidade da Pensilvânia. Por isso, reforça a necessidade da formação interna nas organizações e exemplifica com o caso da americana Warby Parker, que ganhou vantagem contra gigantes de Silicon Valley.

Grant conta que, durante uma reunião com o director de Tecnologia da empresa de óculos, o responsável admitiu que estariam a ter dificuldades em atrair engenheiros de software por causa do excesso de oferta no mercado. E foi nessa altura que decidiram aproveitar ao máximo o talento interno. «Não contrate por talento, conhecimento ou competências. Contrate pela motivação e capacidade de aprender», recomenda Grant.

Desde então, o responsável tem partilhado um exercício com cinco exemplos daquilo que um líder deve fazer para motivar os funcionários a dar o melhor de si:

  1. Determinar as lacunas na empresa;
  2. Fazer uma lista com as competências que pode, ou não, adquirir através de novas contratações;
  3. Apontar as funções que incorporem essas competências, uma vez que algumas podem já existir na organização;
  4. Disponibilizar formações para cada uma dessas competências e atribuir funcionários para ensiná-las;
  5. Privilegiar os recursos internos e uma política de mobilidade interna, comunicando as vagas com os funcionários já existentes.
Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...