Há um português que é membro da administração do TEGOVA

Paulo Barros Trindade, presidente da direcção da ASAVAL (Associação Profissional das Sociedades de Avaliação) foi eleito, em Assembleia Geral realizada em Bruxelas, como membro da administração do TEGOVA, e permanecerá em funções por um período (renovável) de três anos.

Esta é a primeira vez que um português é eleito para o board desta instituição, pelo que será uma oportunidade de intervir sobre a forma como as avaliações imobiliárias são realizadas na Europa e por inerência em Portugal.

O TEGOVA é o um Grupo Europeu de Associações de Avaliadores de imóveis, reúne 70 associações de avaliadores nacionais de 38 países que representam mais de 70.000 avaliadores qualificados, autónomos ou empregados por consultoras especializadas, empresas do setor privado, departamentos governamentais ou instituições financeiras locais e internacionais.

Paulo Barros Trindade refere: «Trata-se de uma oportunidade muito importante para os peritos avaliadores Portugueses e para a avaliação imobiliária em geral, uma vez que poderemos discutir e propor soluções para vários problemas que ainda existem no setor, bem como contribuir para a melhoria das Normas Europeias de Avaliação (EVS) e de uma melhor adaptação destas a países mais periféricos, como Portugal».

A ASAVAL foi desafiada por várias associações internacionais, membros do TEGOVA, para apresentar uma candidatura ao conselho de administração, com o seu apoio. Desta forma foi apresentada a candidatura, sendo a mesma representada pelo presidente da direcção da ASAVAL – Paulo Barros Trindade.

O board elege um máximo de oito elementos, incluindo o presidente, que são votados individualmente, necessitando cada elemento de obter um mínimo de 50% dos votos das associações presentes em Assembleia Geral, tendo-se apresentado a votos 12 candidatos. A assembleia teve lugar em Bruxelas, no passado dia 23 de Outubro, tendo sido eleito como membro do board, Paulo Barros Trindade, em representação da ASAVAL.

Em conjunto com a ASAVAL foram ainda eleitos representantes das seguintes associações: PFVA (Polónia), AFREXIM (França), AEVIU (Espanha), ASSOVIB (Itália), AVAG (Grécia), ARE (Áustria) e IVD (Alemanha). O novo conselho de administração do TEGOVA é agora composto por: Krzysztof Grzesik (Presidente, Polónia), Jean-François Drouets (vice-presidente, França), Konstantinos Pallis (Grécia), Silvia Cappelli (Itália), Alberto Cabrera (Espanha), Michael Reinberg (Áustria), Paulo Barros Trindade (Portugal) e Alexander Weber (Alemanha).

Ler Mais
pub


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*