Quer aprofundar conhecimentos em cibersegurança? Não perca esta semana de formação gratuita

Face à necessidade crescente de proteger as empresas de ataques informáticos e à falta de profissionais com competências especializadas nesta área, a escola de tecnologia Ironhack lança a Cybersecurity Week, uma semana de formação gratuita para quem pretende aprender ou aprimorar competências de cibersegurança.
De 18 a 22 de Janeiro, workshops e webinars estão abertos a qualquer pessoa, com ou sem formação tecnológica.
A iniciativa “Cybersecurity Week” arranca na segunda-feira, com um primeiro workshop que irá ensinar os básicos da cibersegurança, em que consiste e que competências são exigidas.
A agenda, que será actualizada regularmente aqui, conta já com mais dois workshops confirmados: “Gestão de Risco e Estratégia em Cibersegurança” e “Tornar-se o Hacker do futuro”. Todos os workshops serão dados na língua inglesa.

«O futuro da Cibersegurança é hoje – as empresas estão a investir na protecção dos seus dados e novas competências serão urgentemente necessárias. No entanto, para a maioria das empresas, equipas e indivíduos que desejam ingressar neste sector, este é ainda um tema desconhecido. Sabemos que a segurança é importante, mas sabemos muito pouco sobre ela. Desta forma, a Cybersecurity Week é a oportunidade para decifrar conceitos e começar a entrar numa numa área tecnológica que tem registado taxas de desemprego de 0% na última década», refere Munique Martins, responsável pelo campus da Ironhack de Lisboa.

Para participar, a cada sessão, deve fazer-se um registo prévio através da página do evento. À parte disso, basta ter um computador com uma boa ligação à internet e vontade de aprender.
De acordo com a edição de 2020 do Relatório Cibersegurança em Portugal – Sociedade, do Observatório de Cibersegurança, lançado pelo Centro Nacional de Cibersegurança, os portugueses ainda não têm as atitudes e comportamentos, a nível individual e empresarial, suficientemente adequados para a melhor protecção possível contra as ameaças do ciberespaço, comparativamente à média da União Europeia.
É neste sentido que, para o início de 2021, a Ironhack reforça a sua aposta nesta área de formação, lançando novas iniciativas, além do seu curso intensivo de 12 semanas, que procuram diminuir a lacuna que existe no mercado.
pub


Comentários
A carregar...