Saiba como se vai comportar o sector legal em termos de emprego este ano

De acordo com o Guia do Mercado Laboral 2020, da Hays, o ano passado foi um ano muito positivo para o sector Legal e prevê-se que em 2020 se mantenha esta tendência. E identifica os perfis mais solicitados.

 

«Trata-se de um mercado que esteve um pouco estagnado e que agora, fruto do aumento de investimento estrangeiro em Portugal, de mudanças na legislação, e na aposta de organizações em internalizar departamentos, tem vindo a apostar em contratações», explica André Vilaverde, manager da Hays.

O dinamismo no sector imobiliário veio também potenciar o recrutamento de advogados com esse conhecimento. Ainda, um dos factores que mais marcou 2019 neste sector foi a entrada e o desenvolvimento de multinacionais em Portugal e a necessidade de implementar departamentos jurídicos em multinacionais e organizações de grande dimensão, com especial foco no direito laboral, societário, comercial e em Regulamento Geral sobre a Protecção de Dados (RGPD). Ainda, o aumento de investimento em Portugal, sobretudo nas cidades de Lisboa e Porto, levou a uma maior procura de aconselhamento fiscal por parte dos clientes.

Ao analisar os dados do inquérito dos profissionais deste sector verificou-se que 75% não negociaram o pacote salarial, 35% foram aumentados, 43% recusaram ofertas de emprego e 8% foram promovidos, em 2019.

 

Perspectivas para 2020
A entrada de inúmeras empresas em Portugal durante os últimos anos potenciaram a criação e readaptação de diversas funções, verificando-se um aumento de profissionais nos Departamentos Jurídicos, o que deverá manter-se durante o ano de 2020.

André Vilaverde, manager da Hays afirma «O aumento da rotatividade dos profissionais, tanto entre sociedades como entre organizações, deverá gerar uma maior preocupação na retenção de talento neste sector. Assim, de forma a conseguirem reter alguns profissionais que se possam sentir tentados a seguir uma via mais corporativa, as sociedades terão de apostar em um maior equilíbrio da vida profissional e pessoal.»

 

Perfis mais solicitados e os mais difíceis de identificar
Em 2019, houve uma necessidade de investimento e retenção no recrutamento para o sector de legal para perfis de Compliance Officer, advogado Tax; advogado Societário; advogado TMT; Data Protection officer e In-House lawyer.

Para os perfis mais difíceis de identificar foi considerado o perfil de advogado associado TMT e advogado de Urbanismo.

 

O que mais valorizam e que benefícios desejam?
No que respeita às principais mais-valias na escolha de um trabalho, os inquiridos valorizam a oferta salarial (84%), o bom ambiente de trabalho (82%), plano de carreira (69%), cultura empresarial (58%) e benéficos não financeiros (53%).

Quanto aos benefícios mais desejados para aceitarem uma oferta de trabalho, os inquiridos apontam como os cinco principais factores, seguro de saúde (79%), formação/certificações (71%), flexibilidade de horários (63%), possibilidade de trabalhar a partir de casa (55%) e ausência remunerada no dia de aniversário (45%).

Ler Mais
Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
YouTube faz 15 anos: o que mudou e o que ainda vai mudar
Automonitor
Presidente promulga diploma sobre alteração de matrículas automóveis