Vai a uma entrevista de emprego? Prepare-se para responder a estas perguntas

Não há uma entrevista de emprego igual à outra, mas há perguntas que são transversais a praticamente todas. Saiba o que esperar – e o que dizer – para causar uma boa impressão. 

 

A preparação é meio caminho andado para garantir o sucesso numa entrevista de emprego. Lembre-se: este é o momento que marca a entrada, ou não, de um candidato numa empresa.

Com isso em mente, a Human Resources partilha o top 50 das perguntas clássicas que, segundo o portal Business Insider, são as mais frequentes numa entrevista de emprego:

 

1. Quais são as suas qualidades?
Seja sucinto e aproveite para brilhar, fazendo ligações entre as suas qualidades e conquistas.

2. E quais as suas fraquezas?
Não entre em pânico. Seja sincero e diga como contorna os seus pontos mais fracos.

3. Porque é que está interessado em trabalhar nesta empresa?
Deve ser honesto, mas evitar o tópico “férias”. Corre o risco de passar uma péssima impressão.

4. Onde é que se vê daqui a 10 anos?
Os empregos para a vida são cada vez menos a norma, mas esta é uma forma da empresa saber se pode contar consigo a longo-prazo.

5. Porque é que quer deixar a sua actual empresa?
Evite dizer mal do seu ex-chefe ou colegas de profissão. «Nas costas dos outros vemos as nossas.»

6. A que se deve este intervalo no seu currículo?
Seja honesto. Aproveite para destacar as competências que adquiriu neste interregno.

7. O que tem para oferecer face aos restantes candidatos?

Seja directo, humilde e conciso.

8. Quais são os três aspectos que o seu anterior chefe gostaria que tivesse melhorado?
Foque-se nas competências e traços que não afectariam a sua habilidade para desempenhar correctamente o cargo ao qual se está a candidatar.

9. O que é que está disposto a mudar?
Seja franco. Irá arrepender-se se não for.

10. Está disposto a viajar?
Novamente: seja honesto. Aproveite para perguntar quanto do seu trabalho iria obrigar a deslocações.

11. Fale-me sobre a sua maior conquista.  
Mantenha-se relevante. Esta é uma boa altura para o entrevistador perceber o seu caminho e o que, no seu entender, é um projecto bem-sucedido.

12. Diga-me um momento em que cometeu um erro.
Esta resposta deve ser pensada. Foque-se mais nos ensinamentos do que propriamente no erro em si.

13. Qual é o seu emprego de sonho?
Escolha algo que se relacione minimamente ao emprego para o qual se está a candidatar.

14. Como é que soube desta vaga?
Esta é uma boa altura para falar sobre a sua rede de contactos.

15. O que é que gostaria de ter conquistado nos primeiros 30/60/90 dias deste emprego?
Seja criativo, mas realista. Diga claramente o valor que se imagina a trazer à organização.

16. Fale-me um pouco sobre o seu currículo.
Não desate a citar ponto por ponto. Foque-se no essencial.

17. Fale-me sobre a sua formação.
Ao invés de dizer todas as instituições de ensino por onde passou, opte por explicar como é que o prepararam para a sua profissão.

18. Descreva-se.

Fale sobre qualidades que sejam uma mais-valia para a empresa/cargo.

19. Como é que lida com situações difíceis?

O objectivo desta pergunta é aferir se consegue dar a volta às situações.

20. Porque é que não o deveríamos contratar?
Quando um empregador faz esta pergunta, na verdade o que ele pretenda é uma espécie de pitch. Deve convencê-lo de que é o melhor candidato.

21. O que procura num novo emprego?
Deve ser franco, mas sem diminuir o seu ex-chefe e empresa.

22. Está disposto a trabalhar aos fins-de-semana e em datas comemorativas?
Deve mostrar-se comprometido, mas definir limites.

23. Como é que lidaria com um cliente zangado ou irritado?
Esta é das perguntas mais importantes. Mostre que é profissional, mesmo nas situações mais complicadas.

24. Quais são as suas expectativas salariais?
Acordar o salário é sempre desconfortável, mas não tem de ser um bicho de sete cabeças. Saiba como fazê-lo aqui.

25. Fale-me sobre um episódio em que foi além do que lhe era pedido num projecto.
Mostre que está disposto a ir mais além do que lhe é pedido.

26. Quem são os nossos principais concorrentes?
Esta é uma daquelas perguntas em que pode (e deve) mostrar que fez o trabalho de casa.

27. Qual foi o seu maior fracasso até hoje?
Mantenha uma atitude positiva. Explique como é que essa experiência o fortaleceu e ajudou a ser a pessoa e profissional que é hoje.

28. O que é que o motiva?
Mostre paixão.

29. Qual é a sua disponibilidade?
Nunca deve ir a uma entrevista de emprego sem saber responder a esta pergunta.

30. Quem é a sua inspiração?
Isto diz muito sobre quem é e qual o seu valor.

31. Fale-me sobre um momento em que discordou do seu chefe.
Evite contar episódios em que entrou em confronto directo com a chefia. Tente demosntrar as suas capacidades de liderança.

32. Como lida com a pressão?

Mostre maturidade e profissionalismo.

33. Qual o nome do nosso CEO?

A sua resposta a esta pergunta pode ditar a sua entrada, ou não, na empresa.

34. Quais são as suas ambições profissionais?
Esta é a altura perfeita para dizer como se vê a ser bem-sucedido no futuro.

35. O que é que o motiva a acordar todos os dias?
Mencione apenas algo relacionado com a função ou empresa em questão.

36. O que é que a sua chefia mais directa diria sobre si?
Foque-se nos aspectos positivos, mas seja realista e honesto.

37. Quais considera serem as fraquezas e forças da sua ex-chefia?
Evite falar de mais. Pode deitar tudo a perder.

38. Se eu ligasse ao seu antigo chefe neste momento para lhe perguntar sobre os seus aspectos a melhor, o que é que ele diria?
Conhecer esta informação significa que se preocupa com seu desempenho e está constantemente à procura de feedback da sua chefia para melhorar.

39. Considera-se um líder ou um seguidor?
Ambos têm os seus altos e baixos, por isso, não se sinta mal ao escolher um ao invés do outro. A explicação é o mais importante.

40. Qual foi o último livro que leu por diversão?
Esta é uma forma de dar a conhecer-se e, quiçá, impressionar se for um livro relacionado com a indústria.

41. O que menos aprecia num colega?
Não deve deixar transparecer que é facilmente irritável.

42. Quais são os seus hobbies?
Revele as suas paixões.

43. Quais são os seus websites preferidos?
Atenção: se está a ser entrevistado para uma vaga na Facebook, evite responder «Twitter».

44. O que é que o deixa desconfortável?
Escolha algo que não esteja relacionado com o cargo para o qual se está a candidatar.

45. Fale-me sobre as suas experiências em liderança.
Foque-se naquelas que o deixam particularmente orgulhoso e que tiveram impacto no projecto e equipa.

46. De que forma se vê a despedir alguém?
Não se esqueça de referir que primeiro entraria em contacto com o seu chefe ou departamento de Recursos Humanos para informar-se sobre quais os procedimentos a seguir.

47. Quais os aspectos que gosta mais e menos nesta indústria?
Seja honesto, mas sem insultar a pessoa que está à sua frente.

48. Estaria disposto a trabalhar mais de 40 horas semanais?
Deve explicar que valoriza o equilíbrio entre vida profissional e pessoal, se for esse o caso, mas evite respostas que insinuem que não quer o emprego mesmo antes de consegui-lo.

49. Gostaria de acrescentar algo que não tenha perguntado?
Esta é a sua oportunidade para reformular uma resposta ao lado.

50. Que perguntas gostaria de fazer-me?
Agarre esta oportunidade para perceber se seria feliz a trabalhar para este empregador. Porém, deve ter cuidado para não ser inconveniente.

Descubra aqui cinco perguntas que não deve fazer a um recrutador.

Ler Mais
Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Trotinetes hive chegam à app Free Now
Automonitor
Nissan LEAF em modo drift