Comunicação, pessoas e processos

Por Vera Norte, Co-Founder & Managing Partner do Comunicatorium

Muitas vezes me fazem a pergunta:

– Mas afinal para que serve a comunicação nas empresas?

Para as pessoas se sentirem mais felizes?

Também. O engagement, e o bem-estar é também uma consequência de um ambiente em que a comunicação funciona, é fluida e decorre sem obstáculos ou mal-entendidos. E sim as pessoas são fundamentais nas organizações.

Mas não serve para mais nada?

Acredito que melhorar a produtividade assenta essencialmente em melhorar processos.

Acredito que uma das premissas fundamentais para a melhoria dos processos é a sua comunicação. É fundamental que cada colaborador tenha uma perspetiva muito clara sobre que processos gere, participa, deve ser consultado, ou é o decisor.

 Tendo definido o seu papel em cada processo em que está envolvido, há que saber como o deve executar e a quem deve contactar para receber input e a quem deve participar o output. O mapeamento dos processos numa organização é fundamental e tem como consequência imediata a demonstração clara e inequívoca da importância do processo de comunicação na organização.

A produtividade mede-se função dos outputs dos processos definidos e o funcionamento destes processos está invariavelmente ligado a processos de comunicação.

Por isso, sim os processos de comunicação numa organização podem ter como objetivo a melhoria do engagement e satisfação das pessoas, mas devem ser focados na melhoria da produtividade porque melhorar a produtividade assenta muitas vezes em melhorar a comunicação entre as várias pessoas envolvidas num determinado processo.

À pergunta qual o maior problema que existe na sua organização mais de 50% das vezes a resposta é: problemas de comunicação!

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*