É preciso falar do elefante na sala

Portugal não tinha tradição de trabalho à distância, e aquilo a que temos assistido na maioria das empresas é um remoto forçado, que não veio da cultura de trabalho portuguesa. E nem tudo “são rosas” no teletrabalho.

Por Ana Leonor Martins

 

Tendo de voltar a substituir o almoço presencial por uma reunião virtual, os efeitos da pandemia nas empresas e nos profissionais voltou a dominar a conversa. Perante um novo confinamento geral, constata-se que as empresas estão agora melhor preparadas, porque aprenderam com a experiência e criaram as ferramentas necessárias, mas as pessoas estão a acusar cansaço e saturação e, por isso, estão pior preparadas. «É gravíssimo o que está a acontecer nas empresas a nível de saúde mental», alerta-se.

Menos consensual é a opinião sobre o que se segue em termos de modelos de trabalho. Se há quem afirme que vai ser preciso forçar o regresso ao trabalho presencial, há também quem defenda que se deve deixar ao critério dos colaboradores, ainda que definindo momentos ou dias obrigatórios de ida ao escritório. Esta maior flexibilidade traz desafios de gestão da orgânica da empresa. E levantam-se questões sobre aquilo que as empresas devem assegurar a quem trabalha em casa. Por outro lado, e mais preocupante, é que estudos revelam que o engagement cai a pique a partir de 30% da equipa em trabalho remoto, modelo que também não é propenso à inovação. Certo é que são muitos os desafios que se avizinham.

A reunião do Conselho Editorial da Human Resources contou com a presença dos conselheiros: Ana Porfírio (Jaba Recordati), Anabela Silva (BP), Carla Gouveia (executive coach), Catarina Horta (Novo Banco), Clara Trindade (L’Oréal), Diogo Alarcão (Mercer), Elsa Carvalho (CGD), Gonçalo Rebelo de Almeida (Grupo Vila Galé), Nuno Morgado (PLMJ), Nuno Troni (Randstad), Pedro Raposo (Banco de Portugal), Sofia Castro (Sonae MC), Teresa Cópio (Dom Pedro Hotels) e Tiago Brandão (The Browers Company).

Artigo publicado na Revista Human Resources n.º 122 de Fevereiro de 2021

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...