Ellon Musk revela que cursos deve tirar para ter um emprego que não desapareça no futuro

O CEO da Tesla e do Space X é conhecido por ser um defensor fervoroso do desenvolvimento da tecnologia e da Inteligência Artificial (IA). No entanto, Ellon Musk também tem uma visão pessimista sobre a IA, acreditando que a sua melhoria contínua pode colocar em risco milhões de empregos em todo o mundo, revela o El Economista.

 

«A inteligência artificial vai tornar os empregos sem sentido», disse Ellon Musk na Conferência Mundial de Inteligência Artificial em Xangai.

Porém, após estas palavras, Musk revelou algumas especializações onde acredita que o factor humano continua a ser importante no mundo do trabalho.

Os menos vulneráveis ​​a essa interrupção do trabalho são as pessoas que podem programar softwares de inteligência artificial, disse Ellon Musk, que recomendou que os jovens estudassem engenharia da computação.

Mas mesmo assim, essas posições podem não ser tão comuns. «Eventualmente, a IA apenas vai escrever o seu próprio software», disse.

Os comentários do CEO da Tesla foram feitos no meio de um debate crescente sobre o impacto da tecnologia na força de trabalho global. O Fórum Económico Mundial previu que 75 milhões de empregos serão deslocados até 2022.

No entanto, Ellon Musk disse que as empresas focadas na interacção humana continuarão a prosperar, mesmo num cenário de empregos que muda rapidamente.

«As pessoas basicamente gostam de interagir com outras pessoas», disse. «Se trabalha em algo que envolve pessoas ou engenharia, provavelmente é uma boa abordagem», disse, citando a “arte” como outro componente onde a IA tem pouco a fazer.

Assim, todas aquelas posições onde a relação humano-humano tem um valor intrínseco além do ecoóômico, continuarão a ser relevantes na visão do CEO da Tesla.

Ler Mais
pub


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*