Fidelidade: “O papel dos líderes é ainda mais exigente e fundamental”

Na Fidelidade não existem dúvidas de que a forma como as empresas olharam pelas suas pessoas durante a pandemia vai contar, sem dúvida, para fortalecer o Employer Branding das organizações. E, mesmo em confinamento, esta área nunca foi descurada, pelo contrário, foi reforçada.

 

No Grupo Fidelidade tentamos colocar sempre as pessoas no centro de actuação. O objectivo primoridial dos Recursos Humanos, ou Direcção de Pessoas e Organização como internamente nos chamamos, é tornar o Grupo mais humanista, promovendo a integração, sentido de pertença, identificação cultural e bem-estar dos nossos colaboradores. É também o de promover as condições de trabalho ideais em termos de espaço e da boa utilização da tecnologia, para que as pessoas se sintam motivadas e com o apoio necessário para desempenharem o seu trabalho. Tudo isto, promovendo a cultura e as marcas do Grupo Fidelidade e actuando como veículo de transformação organizacional, em Portugal e em todos os países onde estamos presentes.

Com efeito, e com a devida antecipação, conseguimos, num esforço conjunto entre várias direcções e empresas do Grupo, colocar mais de três mil pessoas em casa, com total capacidade para continuar o seu trabalho, agora de forma remota.
A comunicação e o apoio em todos os sentidos foram cruciais para estabelecer um contacto eficaz entre as equipas e as respectivas direcções, ou entre as estruturas comerciais e os clientes.

O Grupo Fidelidade tem um propósito que em nada foi alterado com a COVID-19, muito pelo contrário, nunca foi tão oportuno: para que a vida não pare. Esta é uma assinatura que põe as pessoas no centro e que faz agora ainda mais sentido, tanto para colaboradores como para clientes.

O Employer Value Proposition (EVP) do Grupo Fidelidade tem por base esta cultura centrada nas pessoas, que se manifestou desde logo com a disponibilização do Avaliador de Sintomas do Multicare Medicina Online, com a oferta de um kit de máscaras cirúrgicas enviado para casa de todos os colaboradores; com a redução de horário de trabalho em dois turnos, que permitiu uma maior agilização de acessos à rede interna e respectivas plataformas; com o desenvolvimento de uma aplicação informática, que permitiu a criação de declarações nominais, facilitando o processo de autorização de deslocações; isto para além de termos mantido todas as condições de remuneração e benefícios a todos os colaboradores.

A determinada altura, e considerando o interesse nacional na luta contra a pandemia da COVID-19, a Multicare estabeleceu um acordo com a Associação Portuguesa da Hospitalização Privada (APHP), para assistir os seus segurados que não tenham sido referenciados pelo Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Apesar de adaptada a recursos exclusivamente digitais, a nossa área de recrutamento manteve a mesma dinâmica com entrevistas em videochamada, o que permitiu manter os processos de recrutamento e, inclusivamente, reforçar equipas com novos elementos que, embora em período de confinamento, se juntaram ao Grupo Fidelidade, em teletrabalho.

 

Atracção de talento
Falando especificamente dos programas de atracção de talento, o Programa Boomerang é uma experiência de rotação pelo universo Fidelidade, que permite expandir horizontes, ganhar conhecimentos e adquirir novas capacidades durante nove meses.

Os jovens têm acesso a diversas experiências que vão permitir adquirir uma visão global das empresas do Grupo Fidelidade, acompanhando todo o negócio até ao contacto com o cliente.

O Programa de Embaixadores da Fidelidade é outra iniciativa que confere amplitude às nossas marcas, reforçando a nossa presença junto das universidades. Um Embaixador Fidelidade é alguém em quem confiamos para apresentar e levar o nosso Grupo para as suas comunidades, ajudando os jovens a compreenderem o que somos e o que fazemos, e divulgando as nossas oportunidades de carreira para young talents.

Diga-se que os candidatos ao Programa Boomerang deste ano, cuja fase de candidaturas terminou em Maio, mais do que duplicaram em relação ao ano passado, o que prova que o Employer Branding da Fidelidade chega mais longe, não só pela experiência do que foi a primeira edição deste programa, mas também pelo excelente trabalho que os Embaixadores Fidelidade estão a fazer junto das universidades.

Vamos continuar com estes programas, que em nada foram beliscados pela pandemia. Sublinho o exemplo do Programa Win-Win, uma conversa online que juntou mais de 250 jovens universitários e colaboradores do Grupo para uma troca de experiências e conversa aberta em torno da situação que todos vivemos. A conversa foi muito animada e verdadeiramente motivante, prendendo todos ao monitor durante quase duas horas.

Também o Fidelidade Studio, um espaço na Universidade Nova SBE onde os alunos podem gravar vídeos, podcasts e fazer entrevistas ou ter pequenas reuniões, tem sido um polo de atracção relevante. Durante a fase de confinamento mantivemos o contacto com os universitários através do lançamento do Podcast “Fidelidade Studio ON Purpose”, uma série de 10 episódios gravados em casa pela Laurinda Alves (jornalista e professora na Nova SBE), que já está disponível no Spotify da Fidelidade.

Durante este período da COVID-19, empresas como as que compõem o Grupo Fidelidade, que souberam servir os seus colaboradores, garantindo o serviço ao cliente, ganharam ainda mais a confiança e o compromisso das suas pessoas relativamente à organização.

Se o papel dos líderes já era olhar pelas suas pessoas, fazendo-as crescer e dando-lhes autonomia, responsabilidade e feedback, criando plataformas de confiança, hoje, num momento em que estamos todos em teletrabalho, o papel é ainda mais exigente e fundamental.

A forma como as empresas olharam pelas suas pessoas durante este período vai contar, sem dúvida, para fortalecer o Employer Branding das organizações. Que ninguém tenha dúvidas de que vai ser muito relevante para quem quer ingressar hoje numa organização a forma como esta tratou as suas Pessoas neste período tão conturbado que vivemos.

Esta artigo faz parte do Especial “Employer Branding”, publicado na edição de Junho da Human Resources, nas bancas.

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...