Galp: Hoje é um bom dia para viver o wellbeing

Todos os dias são bons para cuidarmos das nossas pessoas, são elas que dão energia à Galp e, por isso, estão no centro de tudo o que fazemos.

Por isso, demonstrando o compromisso com as nossas pessoas, surgiu a segunda edição da Semana do Wellbeing na Galp, repetindo o sucesso do ano anterior, mas desta vez procurando ser mais abrangente, mais participada e com mais iniciativas.

A Semana de Wellbeing na Galp está alinhada com os objectivos da empresa de implementar uma cultura eficaz de segurança e saúde, promovendo uma melhor qualidade de vida das suas pessoas, para que se sintam bem no local de trabalho, mais realizadas e mais felizes.

Neste sentido, foi criado um grupo de trabalho com as mais diversas competências e pertencentes a diversas áreas da Galp, para que, em conjunto, fosse promovida a continuidade deste programa holístico de wellbeing, que trabalha três eixos elementares – físico, social e mental.

A esta equipa multidisciplinar coube a árdua tarefa de conceber e implementar esta semana diversas alíneas, designadamente, definir o calendário, o universo abrangido, as iniciativas a concretizar, escolher os parceiros e outras entidades, envolver as restantes empresas do grupo Galp, preparar formulários e questionários e, finalmente, comunicar amplamente todas estas acções e iniciativas, através de um plano de comunicação, para que a Semana do Wellbeing fosse conhecida e participada, como veio a acontecer.

«A comunicação é fundamental. Trabalhamos para que as comunicações sejam o mais personalizadas possível para as nossas pessoas, tendo em conta os relatórios do ano passado e interesses demonstrados nos inquéritos. Enquanto empresa com cerca de 6400 colaboradores em 11 países, a nossa preocupação e foco é que estas acções sejam desenvolvidas e amplificadas de forma eficaz e cheguem a todo o lado», adianta Maria Marques, da DMC da Galp.

 

WELLBEING@GALP DE 2019
A semana do Wellbeing@Galp de 2019 decorreu em Outubro e ficou marcada por mais de 50 actividades, umas replicadas do ano anterior mas muitas completamente novas (como tai-chi, biodanza, ioga ou Qi Gong). Tivemos sessões individuais de meditação e reiki, desenvolvendo o relaxamento, equilíbrio individual e energia pessoal (eixo mental); quick massages, aulas de pilates e ginástica laboral, reforçando as boas práticas de postura e actividade física (eixo físico); e ainda aulas de zumba, dança e torneios de padel e ténis, promovendo a prática de actividade física, incentivando o convívio entre colegas e estimulando o espírito de equipa (eixo social).

No âmbito da temática da alimentação saudável, houve ainda lugar à distribuição de fruta durante o dia, realização de palestras sobre “Saber ler rótulos”, workshops para a confecção de snacks saudáveis e concretização de um Health Cooking Contest, cuja receita premiada foi replicada no menu do refeitório da empresa. Finalmente, não faltaram também os rastreios de saúde, sempre valorizados pelos colaboradores, para alerta de
sintomas e prevenção de doenças. Desta vez, aos habituais rastreios cardiovasculares e nutricionais, juntámos também rastreios de saúde, como por exemplo, rastreio de podologia, saúde oral, saúde do homem e saúde da mulher.

Este ano, como referido acima, a Semana do Weelbeing foi mais alargada. Assim, além de Portugal, decorreu ainda em Espanha, Brasil, Moçambique, Cabo Verde e Swazilândia, onde aconteceram diversas iniciativas, especialmente adaptadas a essas geografias e em função das respectivas necessidades e realidades, mas alinhadas com os mesmos objectivos de cultura de segurança e saúde e promoção de melhor qualidade de vida. No total do Grupo Galp, foram cerca de 2400 inscrições em 50 actividades que incluíram sessões, workshops, aulas e consultas.

Das opiniões recolhidas aos colaboradores que participaram nas actividades, destacou-se, mais uma vez, o reconhecimento da utilidade das sessões de reiki, massagens e meditação. Estas foram, aliás, as sessões cujas inscrições esgotaram rapidamente, logo seguidas pelos workshops sobre alimentação saudável e pelas sessões de ioga.

Não podemos deixar de reconhecer a importância da participação das diversas entidades e parceiros da Galp, pelo empenhamento e colaboração neste programa, mostrando que uns e outros se encontram em estreito alinhamento com o compromisso da empresa, de implementar uma cultura eficaz de segurança e saúde, contribuindo para um melhor equilíbrio entre a vida pessoal e profissional dos colaboradores. Vamos continuar a trabalhar neste programa no(s) próximo(s) ano(s), impulsionados pelo feedback positivo das nossas pessoas, procurando ser, simultaneamente, desafiantes e desafiados, fazendo mais e melhor, tentando chegar a mais pessoas de forma a contribuir para que estas se sintam mais realizadas e, sobretudo, mais felizes.

 

Este artigo foi publicado na edição de Dezembro da Human Resources, no caderno especial sobre Bem-estar nas empresas.

Ler Mais
Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
YouTube faz 15 anos: o que mudou e o que ainda vai mudar
Automonitor
Presidente promulga diploma sobre alteração de matrículas automóveis