Já viu estes filmes com lições de liderança?

O cinema pode ser uma maneira bastante agradável de garantir lições sobre liderança e motivação. Há filmes que são óptimos agentes de inspiração para manter o foco nos nossos objectivos e não desistir. O site etalent escolheu estes.

O Rei Leão

  • Responsabilidade e respeito: Mufasa é um líder que age de forma respeitável e responsável, exercendo a liderança apenas dentro das fronteiras do seu reino. Um bom líder respeita a sua equipa e seus colaboradores, respeitando o limite profissional que existe na relação.
  • Mentoria: os mentores ensinam, instruem e são persuasivos sem usar a chantagem, força ou manipulação. Mufasa é um mentor, característica essencial de um bom líder;
  • Inspiração: os bons líderes podem motivar a equipa servindo de inspiração. É exactamente o que Mufasa faz durante o filme: encoraja Simba a ser tão forte e corajoso quanto ele, servindo de exemplo;
  • Valorização: Scar representa os líderes que não consideram o bem-estar alheio e estão interessados apenas no poder e no próprio sucesso. Hoje, o mercado reconhece o capital humano como um dos elementos principais para que um negócio atinja seus objectivos, fazendo com que a personagem vá ao contrário de tudo o que é indicado para motivar uma equipa.

O Diabo Veste Prada

É já considerado um clássico quando o assunto é o principio da carreira. O filme mostra o início da vida profissional de Andy, que se vê obrigada a assumir determinadas posturas com as quais muitas vezes não concorda em troca de sua ascensão na empresa.

Embora a obra tenha como principal foco um dos primeiros empregos da personagem de Anne Hathaway, o ponto alto e chave da história é a postura de Miranda Priestly, interpretada por Meryl Streep. Ao mesmo tempo em que ultrapassa todos os limites do autoritarismo, o seu poder e sucesso é motivo de admiração.

Para os líderes, o filme é uma óptima oportunidade para fazer uma autocrítica a respeito do seu comportamento frente aos colaboradores.

Karaté Kid

Este filme pode ser definido como uma sessão de coaching. Mesmo quem nunca o viu já deve ter ouvido falar do senhor Miyagi, uma dos personagens mais marcantes do cinema da década de 80.

A história gira em torno do karaté. Daniel Sam procura Miyagi com o objectivo de conhecer as técnicas da luta, e acaba tendo lições de vida bastante valiosas.

O papel de coaching surge quando o Miyagi estimula Daniel a encontrar as suas próprias respostas, para que pudesse desenvolvê-las tornando-se assim num grande lutador. Uma verdadeira aula de motivação e força de vontade.

Em Busca da Felicidade

É impossível falar sobre carreira, liderança e motivação sem citar este filme, em que o Will Smith dá vida a um vendedor falido que assume a guarda do seu filho pequeno.

O que deveria ser um momento de tranquilidade e extrema alegria transforma-se numa grande crise, uma vez que a personagem enfrenta grandes dificuldades financeiras e procura um novo emprego. A história é inspirada na vida de Chris Gardner que, aos 28 anos, estava desempregado e morava na rua com uma criança de 14 meses.

Motivação é o pilar que sustenta o emocionante enredo, fazendo da obra um filme obrigatório para quem estabeleceu metas e deseja alcançar o ponto alto da sua carreira.

O Clube dos  Poetas Mortos

O filme destaca vários tipos de liderança, mas o modelo autoritário e o afectivo são os que mais se destacam: autoritário –  sustentado pela relação de poder e obediência; afectivo – considera o apoio às pessoas, exercendo uma liderança responsável que procura garantir o bem-estar da equipa.

O filme mostra uma escola regida pelo autoritarismo, cujo regras devem ser obedecidas imediatamente. O posicionamento vai de encontro à educação que os pais dos alunos adoptam nas suas casas. Tudo muda com a chegada do professor John Keating, simpatizante do modelo de liderança afectiva, que estimula a criatividade dos alunos e os encoraja a perder os seus maiores medos.

Big Fish

Neste filme de  Tim Burton a principal mensagem é: cabe a cada um de nós descobrir o que há de bom em cada situação que nos acontece.

Até os pequenos problemas do quotidiano são uma oportunidade para fazer a diferença. A personagem principal, Edward Bloom, baseia-se numa mistura entre realidade, ambição, optimismo, motivação e coragem. Devemos ser persistentes na procura dos nossos objectivos.

Homens de Negócios

O filme certo para quem procura uma história de determinação e superação, mostrando de uma forma bastante realista o quão duro pode ser perder o emprego sem aviso prévio.

A obra narra como três amigos reagem a essa mesma situação, após serem despedidos pela empresa que adopta uma política de corte de gastos para obter maiores lucros.

 

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...