Middle management: como tirar o máximo partido destes activos

Segundo especialistas em recrutamento da Hays, os middle managers «podem ser o maior recurso de uma organização». Mas é preciso saber tirar o máximo de proveito do valor que oferecem à empresa. Saiba como.

 

«Como vínculo entre a liderança sénior e a equipa operacional, o middle management é muitas vezes a chave para o sucesso de uma empresa», considera Mário Gonçalves, head of Hays Response, sublinhando que «eles incorporam a cultura de uma organização, fazem a mudança acontecer, são responsáveis pela entrega de resultados e são essenciais para a retenção dos colaboradores». No entanto, deixa o recado: «A subvalorização do middle management é muito comum em algumas empresas».

A mesma opinião é partilhada por Zara Whysall, head of Research da Kiddy & Partners. No último Hays Journal, constata que, «durante anos, os middle managers foram negligenciados quando se trata de temas como a gestão de talentos, estando numa posição de não terem o controlo máximo entre os ‘principais talentos’ e ‘estrelas em ascensão». Para a responsável, todo o conceito de middle management precisa de um rebrand, para que a função que seja reconhecida como uma aptidão.

Mário Gonçalves, Head of Hays Response acrescenta: «A função precisa de ser valorizada, pelo que é necessário criar uma cultura sólida alicerçada nos valores das organizações, apostar no crescimento e desenvolvimento através de planos de carreira dos middle managers definido objetivos claros, quantificáveis e atingíveis».

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Lego lança minissérie no YouTube
Automonitor
Portugal a caminho de bater recorde de produção anual