Tipologias e benefícios do coaching

Antes de mais, o que é o coaching? Pegando nas palavras de Joseph O’Connor, co-fundador da International Coaching Community, é “uma relação de aprendizagem, onde o coach e o cliente trabalham juntos, de forma a assegurar que o cliente seja o melhor e que acredite que é capaz.” Agora sim, pode inteirar-se das seus benefícios e diferentes tipologias.

Tipologias

O processo de coaching aplica-se a todas as áreas da vida do Ser Humano. Existem vários tipos de coaching. Alguns exemplos:

Life Coaching ou coaching de vida – Actua a nível pessoal em todas as áreas da vida do coachee.

Business Coaching – Intervém ao nível do negócio do cliente.

Executive Coaching – Actua a nível pessoal junto de executivos e gestores de topo.

Sportiv Coaching ou coaching desportivo – Trabalha a motivação do coachee para ser um melhor atleta.

Sales Coaching ou coaching comercial – Trabalha a motivação do profissional de vendas para que este supere o seus resultados.

Benefícios

Um processo de coaching é sempre uma experiência pessoal. É o coachee que sente os seus benefícios. Os resultados do coaching, mesmo quando aplicado a uma equipa de trabalho, verificam-se de forma individualizada e é essa mudança individual que vai “contaminar” o todo de forma positiva. Como exactamente? A melhor resposta a esta pergunta é: “como cada um quiser”.

O coaching ajuda indivíduos e organizações a mudar, a desenvolver-se mais rapidamente e a produzir resultados mais satisfatórios.

Alguns benefícios pessoais do coaching

O coachee adquire mais confiança e aumenta o seu nível de desempenho; adquire clareza em relação às suas metas, valores e age em concordância com elas; adquire flexibilidade mental e motivação; recebe estímulo intelectual ao discutir ideias importantes; aprende mais sobre si próprio e a relacionar-se melhor com os outros; aprende a lidar com a mudança de forma positiva; vence bloqueios interiores e avança em direção às suas metas.

Alguns benefícios do coaching para as empresas

O coaching é um investimento no valor da empresa e no valor dos seus recursos humanos. Há aumento de produtividade, elevada performance, aumento de resultados e o trabalho de equipa melhora. O coaching ajuda a reter “talentos”, tem a melhor relação custo-benefício para fixar competência e alto desempenho na empresa. Evita custos de formação, perda de conhecimento e queda de produtividade quando um colaborador sai.

Fonte: www.coachingportugal.com

Artigos relacionados:

Coaching – The Power Tool?

“É uma intervenção importante nos negócios” – Entrevista a Joseph O’Connor, co-fundador da International Coaching Community 

Vale a pena ter um Coach? – Opinião de Adelino Cunha, fundador da I Have The Power

Em tempos de crise… – Opinião de Sandra Derom, director-geral Spin to Top

Ler Mais
Artigos relacionados
Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Guerra do streaming: consumidores dão oportunidade aos novos players
Automonitor
Chevy Suburban: O primeiro carro com uma estrela em Hollywood