Três dicas (infalíveis) para negociar um salário melhor à distância

Negociar um aumento de salário, sobretudo numa altura em que muitas empresas estão empenhadas em cortar custos para lidar com a crise decorrente da pandemia de Covid-19, é complexo. Mais ainda se for à distância. Mas se mesmo assim sente que está na altura de pedir um salário melhor, saiba quais as dicas que o podem ajudar no momento de abordar o tema com o chefe.

 

Embora existam alguns desafios às negociações virtuais, não estar na mesma sala que a chefia pode trazer vantagens. A capacidade de aceder facilmente a «cábulas» sem que seja óbvio pode apoiá-lo durante a sua negociação, por exemplo.

Antes de avançar para a negociação, o site “Fast Company” compilou três passos para uma abordagem bem-sucedida, sobretudo em tempo de pandemia. Tome nota:

1- Saiba qual o salário médio do seu cargo e as suas mais-valias. Pesquise os valores praticados na sua profissão e tenha a noção dos seus pontos fortes para estar munido de argumentos válidos e convicentes.

2- Esteja preparado para o «não». Dado o cenário actual de crise, é bastante provável que a sua proposta não passe disso mesmo. Se a resposta ao seu pedido for um redondo «não», pode negociar mais dias de férias ou um horário mais flexível, por exemplo.

3- Leve uma «na manga». Prepare uma contra-proposta àquilo que lhe for apresentado pela chefia e apresente-a de forma assertiva, mas sempre num tom amigável. Pode, por exemplo, mostrar disponibilidade em assumir mais responsabilidade ou propor um aumento faseado.

Ler Mais
pub


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*