Cegoc distinguida com o prémio «Prestação de serviços – Formação»

A Cegoc foi considerada a empresa que presta os melhores serviços a terceiros, na área da formação, na nona edição dos prémios Human Resources. Randstad e Talenter dividiram o pódio nesta categoria.

 

«Ganhar pela segunda vez consecutiva o Prémio Human Resources na categoria de Prestação de Serviços de Formação é um orgulho, mas também uma responsabilidade. É, igualmente, a prova cabal do nosso mérito e da qualidade das soluções que apresentamos a quem nos procura. Quando uma publicação com o prestígio da Human Resources Portugal nos reconhece, sabemos que estamos a fazer bem, e sabemos que não é conjuntural, antes algo que faz já parte do nosso ADN. É, pois, um estímulo sentirmos que quem nos acompanha diariamente está ciente da nossa missão e estratégia. Não navegamos à vista junto à costa, pensamos mais além, assumimos o desafio e o risco, ousamos sair da caixa. Este prémio mostra que somos compreendidos. O reconhecimento e valorização deste galardão faz-se também junto daqueles que nos procuram, cientes da nossa capacidade para cumprir o propósito que nos move em Portugal há quase seis décadas: levar pessoas e organizações a conquistar patamares superiores de competência, ousadia e competitividade. Falar em Cegoc é falar em métodos e abordagens pedagógicas inovadores. Posicionamo-nos como um parceiro diferenciado que desenvolve e co- -constrói com os seus clientes soluções amplamente testadas e comprovadas a nível global. Transferimos a aprendizagem de forma eficaz para o local de trabalho e com isso criamos condições para o sucesso das organizações. Temos uma longa história, acompanhámos a emergência de novos processos de negócio e várias mudanças estruturais dos mercados. A Cegoc é também capaz de se reinventar e assumir um papel de charneira – e a época que atravessamos não é excepção. É este o espírito que nos move, que nos motiva a testar novas formas de conceber, instalar e escalar projectos de formação e transformação organizacional. Ainda antes da declaração de pandemia (cinco meses que a todos parecem cinco anos), a aposta em sessões de formato digital e à distância é disso expoente máximo. O futuro tem de ser já hoje. Urge enfrentarmos os novos desafios, lutar por ultrapassar os constrangimentos actuais. É esse o nosso repto, garantir às organizações que estamos ao seu lado na retoma das suas actividades e negócios, hoje e num contexto pós-COVID-19.»
Ricardo Martins, director-geral da CEGOC

Pode (re)ver os melhores momentos e recordar as empresas e profissionais distinguidos aqui.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*