Galp inaugurou uma “fábrica de inovação” que vai apostar em soluções cleantech

UP-Upcoming Energies é o nome da fábrica de inovação da Galp, que abre portas hoje, dia 15 de Julho, no LACS, em Lisboa. Esta nova unidade em frente ao rio Tejo pretende reforçar a proximidade da Galp à inovação global, com um foco particular na comunidade empresarial que desenvolve soluções cleantech.

 

No âmbito da estratégia de transformação da Galp, para responder à transição energética em curso, a UP irá centrar o seu trabalho de inovação a partir do ponto de vista humano, ou seja, dos problemas concretos que as pessoas enfrentam no seu quotidiano para as soluções tecnológicas que podem ajudá-las a superá-las.

O espaço será organizado de forma a potenciar as sinergias, a co-criação e cooperação para o desenvolvimento, o lançamento e a fase comercial de projectos que se enquadram nos eixos em que a Galp se posiciona, o digital, a mobilidade do futuro, a transição energética e a economia circular.

A UP vai começar a avaliar startups, a executar projectos-piloto e a desenvolver testes preliminares com os utilizadores para identificar oportunidades potenciais que possam beneficiar a Galp e seus clientes.

O responsável pela equipa da UP é Richard Lagrand, que iniciou a sua carreira na área das telecomunicações, liderou o arranque de diversas startups na área do eCommerce e, antes de se juntar à Galp, era o dirigia o programa de IoT e Datatech do Startupbootcamp, um programa de aceleração de startups em Barcelona.

Actualmente, a UP encontra-se a avaliar projectos em áreas que vão desde o rating de crédito a tecnologias de ponta que ajudam a optimizar o desempenho e o rendimento de parques solares de grande escala, com recurso ao armazenamento de energia, revestimentos, robôs de limpeza e painéis bifaciais, para citar alguns exemplos.

Em conjunto com a Católica Lisbon School of Business and Economics e a Fabstart, a UP desenvolveu um programa de estágios de verão online com os alunos para a realização de pesquisas e testes de mercado sobre diversos aspectos relacionados com a forma como as pessoas utilizam a energia no seu quotidiano doméstico. Os resultados servirão de base para determinar oportunidades adicionais de actuação ou diferenciação para a Galp.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*