Altice Portugal: Fomentar uma cultura de proximidade que contribua para o bem-estar

A saúde e o bem-estar são pilares da estratégia de gestão de pessoas na Altice Portugal, onde a tecnologia também contribui para a satisfação de todos.

 

Para a Altice Portugal, os colaboradores são um dos maiores activos, pelo que o seu bem-estar é considerado como uma prioridade e um compromisso da empresa. Neste sentido, são várias as iniciativas promovidas com o objectivo de promover um ambiente de trabalho seguro e saudável para os colaboradores, seja num regime de trabalho presencial ou até em Work@Home.

Graça Rebôcho, directora de Recursos Humanos da Altice Portugal, refere que a empresa «acredita e defende um equilíbrio saudável entre a vida pessoal e profissional enquanto meio para atingir o bem-estar dos colaboradores». Assim, o programa de Responsabilidade Social Interna da Altice Portugal assenta em três pilares fundamentais: Crescer para apoio e incentivo ao desenvolvimento dos filhos dos colaboradores; Apoiar para acompanhamento de colaboradores em situações de fragilidade; Viver para a promoção da saúde preventiva e o reforço do bem-estar dos colaboradores.

Quanto a iniciativas desenvolvidas pela Altice Portugal e dirigidas aos seus colaboradores, Graça Rebôcho afirma que «olhando para a singularidade de cada pessoa promovemos diversas iniciativas de apoio ao colaborador, à sua família e à sua carreira, numa lógica de integração das diferentes componentes que potenciam uma maior realização pessoal e de bem-estar».

Entre as diversas iniciativas realizadas, destacam-se:

  • Dispensa do dia de aniversário e presente aos aniversariantes,
  • Oferta de kit bebé Altice aos colaboradores que foram pais e Guia de parentalidade;
  • Celebração da antiguidade, com dispensa de um a três dias no ano em que se completem entre 10 a 50 anos ao serviço da empresa;
  • Dispensa para acompanhamento dos educandos, até aos 12 anos de idade, no primeiro dia de escola;
  • Várias iniciativas destinadas aos filhos dos colaboradores: apoios aos estudos e prémios escolares; organização de diversas iniciativas para ocupação dos tempos livres, como é o caso das colónias de férias e de visitas de estudo; estágios de Verão, ao abrigo do programa #Altice-SummerExperience, uma iniciativa que pretende proporcionar uma primeira experiência profissional aos jovens que terminaram o 12.º ano.

A estas iniciativas junta-se um conjunto de protocolos e parcerias estabelecidos com outras organizações que dão acesso a descontos em serviços e produtos de áreas como o lazer, saúde e bem-estar, desporto, restauração e turismo.

A Altice Portugal refere ainda as iniciativas de incentivo à prática de exercício físico enquanto aposta para o bem-estar dos colaboradores, como por exemplo as caminhadas, a organização de torneios desportivos e ainda programas de meditação, life coaching, relaxamento, yoga e torneios de padel, por exemplo. A Corrida Solidária Altice é uma outra iniciativa que se realiza «em locais afectados por catástrofes naturais, como foi o caso de Pedrogão Grande (incêndios) e Mira (tempestade Leslie), ou como aconteceu recentemente, no apoio à casa do Artista.

Estabelecemos acordos e parcerias com as mais diversas empresas, de diferentes sectores de actividade, que se traduzem em descontos consideráveis para os nossos colaboradores em farmácias, ginásios, escolas, agências de viagens, lojas e restaurantes, entre outros», acrescenta Graça Rebôcho.

A saúde é também basilar na estratégia de well-being, através da Altice Cuidados de Saúde (ACS), a unidade de prestação de cuidados de saúde da Altice Portugal. Com uma abrangência nacional, a ACS assegura a gestão de uma rede própria de oito centros clínicos e três núcleos especializados onde disponibiliza acesso a mais de 30 especialidades clínicas a todos os colaboradores e às suas famílias.

No final de cada iniciativa é lançado um questionário online aos participantes. Os resultados são analisados e, sempre que se justifica, a Altice Portugal introduz as melhorias propostas pelos próprios colaboradores.

De acordo com Graça Rebôcho, «as iniciativas mais valorizadas pelos colaboradores são as que promovem o seu bem-estar e qualidade de vida, onde se inclui a família, sobretudo os filhos. Sempre que as funções o permitam, acedemos a pedidos de colaboradores que, por motivos pessoais (cuidar dos pais, mudança de local de trabalho do cônjuge, etc.), querem alterar o local de prestação do trabalho. Esta possibilidade é bastante valorizada pois corresponde, de facto, a uma necessidade do colaborador».

No que diz respeito a mudanças relacionadas com os modelos híbridos de trabalho, a directora de Recursos Humano da Altice Portugal lembra que «na empresa já vigorava a figura de Work@ Home, que possibilitava aos colaboradores a prática do trabalho remoto em acordo com as chefias. Agora este modelo é recorrente num equilíbrio entre escritório e casa de acordo com as funções e áreas de trabalho. Com o objectivo de manter o bem-estar e as adequadas condições de trabalho dos colaboradores, são disponibilizados meios digitais e equipamentos de forma a manter os índices de produtividade e foco. O equilíbrio de visa pessoal e profissional é fomentado por uma boa gestão de tempo e de recursos».

E porque todos somos diferentes, Graça Rebôcho acrescenta que «cada colaborador valoriza, de forma diferente, os benefícios que são colocados à sua disposição. Por exemplo, se um colaborador não tem filhos, naturalmente que o programa de apoios ao estudo ou as colónias de férias, não é relevante para si. Nesse sentido, procuramos garantir alguma flexibilidade na escolha de benefícios e ter um conjunto alargado e diversificado de iniciativas».

No futuro, a Altice Portugal tem por objectivo continuar a alargar o leque de iniciativas, procurando responder aos interesses dos colaboradores e às alterações do mercado de trabalho e da sociedade. Até porque, diz a directora de Recursos Humanos da empresa, «a saúde e o bem-estar são hoje pilares principais de uma vida bem-sucedida impactando positivamente a sociedade como um todo. E uma sociedade saudável e feliz reflecte-se obrigatoriamente na produtividade das empresas e no desenvolvimento do seu negócio».

A empresa acredita que é através da tecnologia que já hoje os colaboradores podem exercer a sua actividade em qualquer lugar, e essa possibilidade veio contribuir para uma maior conciliação entre a vida profissional, pessoal e familiar dos colaboradores.

«Poder estar conectado a partir de qualquer lugar permite um ganho de tempo, evitando os movimentos casa-trabalho- casa», diz Graça Rebôcho. «Por outro lado, a tecnologia veio também permitir uma maior globalização do mercado de trabalho, eliminado fronteiras; facilita empregos fora da zona de residência do colaborador, descongestionando os centros da cidade e promovendo a habitabilidade nas zonas interiores e rurais, e tem ainda impacto na inclusão de determinados perfis no mercado de trabalho (como por exemplo pessoas portadoras de deficiência). Todos estes programas e iniciativas têm um propósito comum: fomentar uma cultura de proximidade que contribua para o bem-estar e satisfação dos colaboradores e, como corolário, uma empresa saudável.»

A Altice Portugal irá continuar a alargar este leque de iniciativas para responder aos interesses dos seus colaboradores. Ainda este ano será lançado «um projecto-piloto de “plataforma de verão”, dando a possibilidade ao colaborador de não trabalhar à sexta-feira à tarde, repartindo essas horas pelos restantes dias da semana. Naturalmente, esta medida não pode abranger todas as funções, tal como já hoje o modelo híbrido não se aplica às áreas mais técnicas ou funções que requerem a presença do profissional».

 

Este artigo faz parte do Caderno Especial “Well-Being” publicado na edição de Julho (n.º 140) da Human Resources.

Caso prefira comprar online, tem disponível a versão em papel e a versão digital.

Ler Mais


Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

*