Paridade na liderança? (ainda) Não existe

Na Europa, a lei da paridade ainda não é uma norma nas empresas. Apesar da Organização Internacional do Trabalho ter concluído que empresas lideradas por mulheres têm melhores resultados, são os homens que reinam em cargos de topo, como o de CEO.

 

Se olharmos para o índice pan-europeu Stoxx 600, só 33% dos membros dos Conselhos de Administração são mulheres, embora o objectivo de Bruxelas seja atingir os 40%, revela um estudo do European Women on Board (EWoB). No Velho Continente, só 7% das mulheres tomam as rédeas das empresas.

«O mundo empresarial de hoje ainda está longe da igualdade de género», refere Päivi Jokinen, presidente da EWoB.

Apesar de Portugal ter apenas quatro empresas no Stoxx 600, ocupa o 11.º lugar no que toca à paridade, numa lista de 17 países representados no índice. O país segue à frente da Alemanha, Espanha, Suíça e Luxemburgo. Contudo, é na Noruega que se encontram mais mulheres a liderar, seguida de França e Suiça.

Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Demora uma hora a chegar à IKEA? Esse tempo pode valer uma mesa grátis
Automonitor
Presidente promulga diploma sobre alteração de matrículas automóveis