Preparar o roteiro para o futuro

ROCK IN RIO INNOVATION WEEK

Para dar início do processo de planeamento do futuro, precisamos de tempo para pensar no que gostamos, no que nos faz feliz, quais são as nossas competências, prioridades e objectivos na vida.

 

Por Mic Aisenberg, curadora de Conteúdo do Rock in Rio Innovation Week

 

Quando viajamos de férias, pesquisamos sobre os lugares que vamos visitar, os restaurantes mais bem indicados e as atracções turísticas imperdíveis. Escolhemos um hotel bem localizado e começamos a ler mais a respeito do nosso destino, ou do que vai acontecer de bom quando por lá estivermos.

Mas, e quando o destino é o nosso futuro? Que tipo de pesquisas precisamos fazer, que lugares precisamos conhecer melhor e como descobrir quais são as atracções que mais nos agradam conhecer e experimentar?

Confesso que eu nunca tinha pensado dessa forma até começar a escrever esse texto (journaling é uma conversa que fica para outro dia). Fez tanto sentido para mim, que resolvi pesquisar mais sobre o assunto e partilhar com vocês.

  

O que nos faz feliz?

Tudo bem que a viagem para o futuro já começou no dia que nascemos. Mas nunca é tarde para preparar um roteiro (ou mudar o que que já temos). Nesse caso, esqueça o Google Maps ou TripAdvisor: desta vez, a pesquisa vai precisar acontecer dentro de si.

Neste artigo, a equipa do Mindvalley* sugere que, ao começar um processo de planeamento do futuro, precisamos reservar um tempo para pensar no que gostamos, no que nos faz feliz, quais são as nossas competências, prioridades e objectivos na vida.

O que nos leva a concluir que essa jornada é mais longa do que imaginávamos e vai precisar de grandes doses de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal.

 

Primeira paragem: inteligência emocional

Já que não dá para se preparar para o futuro sem pensar em trabalho e tecnologia, vamos a um outro facto: somente o seu QI não será suficiente para se manter relevante profissionalmente, já que em breve estaremos disputando essas actividades com robôs.

O grande trunfo que nós, humanos, temos em relação às máquinas, cada vez mais poderosas e eficientes, é justamente outro tipo de inteligência: a emocional.

Como esse é um ponto fundamental no roteiro de nossa viagem, aqui vai um pequeno tutorial para esclarecer o assunto.

E umas dicas, com o TED Talk “Seis formas de melhorar a sua inteligência emocional”.

 

 Aprender, planear o futuro e divertir-se

Um roteiro para o futuro nunca estará finalizado (ainda bem!), assim como uma conversa sobre esse tema não se esgota em alguns parágrafos. Mas, talvez quatro dias dedicados ao assunto funcionem melhor.

Estaremos reunidos com especialistas entre os dias 23 e 26 de Junho, cercados de pessoas interessantes, com uma agenda cheia de talks inspiradoras, workshops e actividades divertidas.

 

*Breaking newsMindvalley é a maior plataforma de desenvolvimento pessoal do mundo e estará no RiR Innovation Week com um palco e experiências transformadoras em todos os dias de programação.

Vou adorar ver-vos por lá! Vamos? Podem adquirir os bilhetes aqui!

Até para a semana!

Veja também este artigo.

 

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Reprise, Initiative, Unilever e Somersby são os grandes vencedores dos Prémios SAPO
Automonitor
Já pode encomendar o novo Citroën C1 JCC+ desde os 14.727 euros