Galp: Um compromisso de longo prazo com as pessoas

Num contexto cada vez mais competitivo, em que a retenção de talento é um factor decisivo, o foco da Galp passa por construir uma relação próxima com os colaboradores, «tornando-os aliados, fortalecendo sempre a noção que o seu sucesso pessoal está directamente ligado» ao da empresa.

 

O sector da energia tem vindo a atravessar profundas alterações que se deverão acentuar nas próximas décadas, sendo ao dia de hoje caracterizado pela sua volatilidade e complexidade.

O mundo também mudou e, num contexto de descarbonização da economia e de alteração do paradigma da mobilidade, a criação de valor a longo prazo exige soluções inovadoras e o desenvolvimento de novos negócios. Na Galp, sabemos que tudo começa com os nossos sete mil colaboradores, que espelham os princípios em que acreditamos: criar valor sustentável, trabalhando em parceria e promovendo a igualdade de oportunidades. Estende-se, depois, ao contributo que procuramos que os nossos projectos tragam para melhorar a vida das pessoas e promover o desenvolvimento económico e social das comunidades dos 11 países onde estamos presentes.

Num contexto cada vez mais competitivo, em que a retenção de talento é um factor decisivo, o nosso foco passa por construir uma relação próxima com os nossos colaboradores, tornando-os aliados, fortalecendo sempre a noção que o seu sucesso pessoal está directamente ligado ao nosso enquanto empresa.

Sabemos que as nossas pessoas e a sua energia criam energia para que coisas boas aconteçam, todos os dias. É simples. Acreditamos que alegria dá alegria, sorrisos multiplicam vontades, dedicação resulta em inovação, cada realidade motiva uma nova perspectiva. E é assim que as nossas pessoas são e é isso que esperamos das pessoas que pretendem trabalhar connosco.

Nesse sentido, e porque a motivação está na ordem do dia para a Galp, apostamos no desenvolvimento dos nossos colaboradores e encorajamos a agilidade na tomada de decisão. Promovemos ainda a capacitação tecnológica e fomentamos as redes internas e externas de conhecimento.

Garantimos aos nossos colaboradores um potencial de desenvolvimento imenso através da participação em projectos desafiantes e inovadores, em todo o mundo, com um impacto real na
vida de todos.

O nível de compromisso das nossas pessoas é tão maior quanto todos se sentirem parte deste movimento. O mundo da energia está a mudar e os colaboradores da Galp têm o privilégio de estar na linha da frente deste movimento.

 

A estratégia de Employer Branding
Há cerca de um ano, formalizámos a equipa de Employer Branding da Galp, que surge de uma parceria entre a direcção de Marketing e Comunicação e a direcção de Pessoas. Missão? Trabalhar o sentido de pertença de cada um dos colaboradores Galp e a vontade de fazer parte de uma equipa que está na vanguarda da mudança energética mundial. E, como as pessoas são a nossa maior fonte de inspiração e energia, definimos como estratégia dar-lhes o protagonismo: humanizar a marca é o nosso mote.

Como ponto de partida, envolvemos colaboradores, parceiros, clientes, e potenciais candidatos para melhor entender como somos vistos. Construímos uma “persona” Galp actual e uma personagem que corporiza o nosso futuro.

Numa primeira fase, trabalhámos os nossos valores – confiança, parceria, inovação, agilidade e sustentabilidade. Esta é a base que sustenta a nossa empresa, o ADN das nossas pessoas.

Garantir que todos conhecem e actuam com estas premissas acarreta desafios: internamente falamos três línguas e contamos com mais de 49 nacionalidades. Temos operações em 11 países e quatro continentes – unidos pela empresa mas separados por vários milhares de quilómetros, fusos horários e culturas.

Cedo percebemos o real significado de “think global, act local” – manter a coerência e trabalhar consistência tem sido desenvolvido em igual plano com especificidades culturais e valorização dos aspectos que caracterizam a individualidade inerente à humanização.

Além das campanhas de awareness, trabalhámos, numa segunda fase, campanhas de mudança e incorporação de novos comportamentos.

Em paralelo, garantimos que estamos presentes onde as famílias e as pessoas estão – na música, por exemplo – para garantir que a nossa mensagem lhes chega e que temos plataformas para nos posicionar junto do público mais jovem.

Acreditamos ainda que, ao clarificarmos de forma activa, a estratégia da Galp, alinhando ideias e objectivos, promovendo e reforçando os nossos valores, incentivamos a inovação, estimulamos a mobilidade interna e destacamos a diversidade. Ao termos este cuidado sempre presente, aumentamos o engagement dos colaboradores, cultivando e reforçando sempre um sentimento de pertença – e, através disso, fortalecendo a nossa identidade, cultura e valores enquanto Galp.

Temos plena consciência de que neste projecto – de Employer Branding – trabalhamos sobretudo para os nossos colaboradores. Essa é razão pela qual mantemos um mecanismo de medição do “pulso” à organização e é neste feedback que nos baseamos para definir novas ações. Este é o prémio que verdadeiramente conta.

Para fora, criámos mais uma campanha do nosso programa Generation Galp, que tem como objectivo desafiar e cativar jovens talentos, motivá-los para enfrentar os desafios de um mercado dinâmico e prepará-los para uma vida profissional de sucesso.

Sob o mote “Galp is looking for those who would never work at Galp!” convidámos os jovens a fazer parte de um programa de dois anos. E, na cultura Galp, o enquadramento dos trainees que chegarem à fase final é o desafio-chave da organização ao acolher estes jovens talentos. Todas as actividades são pensadas de forma a reforçar a cultura, os valores e o alinhamento com a estratégia e objectivos da empresa, sendo o feedback contínuo uma premissa fundamental do programa. Desta forma, é possível gerir as expectativas dos jovens quanto ao seu futuro enquadramento no Grupo Galp de uma forma transparente.

Queremos, no fundo, que as nossas pessoas e todas as que tenham interesse em trabalhar connosco estejam a par de todos os temas Galp, contando histórias reais, através de pessoas genuínas e de forma autêntica, transparente, honesta e assim contagiar positivamente o seu/ nosso ecossistema. Porque energia cria (mesmo) energia.

 

Este artigo faz parte do Caderno Especial “Employer Branding”, publicado na edição de Abril da Human Resources.

Ler Mais
pub


Comentários
A carregar...

MULTIPUBLICAÇÕES

Marketeer
Reprise, Initiative, Unilever e Somersby são os grandes vencedores dos Prémios SAPO
Automonitor
Já pode encomendar o novo Citroën C1 JCC+ desde os 14.727 euros